8 ½ Festa do Cinema Italiano – Funchal

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail

11170311_932963590059700_1564353503336469688_o

 

“Voltamos este ano à Madeira, uma ilha que nos acolheu sempre com grande calor e entusiasmo. É por esta razão que, apesar de não ter sido possível devido a problemas burocráticos estabelecer um acordo com a Câmara Municipal do Funchal para que fosse possível apoiar-nos na realização desta 5a edição do festival na Madeira, decidimos mesmo assim não desiludir o nosso fiel público e, em parceria com os Cinemas NOS, realizar um evento que, apesar de ser reduzido em relação aos nossos objetivos, consegue trazer ao Funchal uma programação de grande nível com alguns dos mais interessantes filmes italianos do último ano.” refere Stefano Savio, diretor artístico da Festa do Cinema Italiano.

Na Ilha da Madeira, a sessão de abertura realiza-se na sexta, dia 8 de maio, às 21h30, onde é exibido o filme “O Rapaz Invisível” (“Il ragazzo invisible”), de Gabriele Salvatores, um filme entre a comédia e o fantástico, para toda a família, que nos conta a história de Michele que compra um fato que o torna invisível.

No sábado, 9 de maio, as sessões têm início às 17h00, com “La sedia della felicità”, de Carlo Mazzacurati, uma comédia sobre a busca por uma cadeira onde poderá estar escondida uma verdadeira fortuna.

Às 19h00, é exibido “I nostri ragazzi”, de Ivano de Matteo, baseado no livro bestseller de Herman Koch, “O Jantar”. Este filme envolve e apaixona os espetadores numa franca batalha entre moral, prejuízo e proteção familiar, onde a escolha é bem mais difícil daquilo que aparece na história de dois irmãos que, cumprindo uma tradição, jantam uma vez por mês, num restaurante de luxo, até que um dia umas câmaras de vigilância filmam um dramático episódio de violência.

Às 21h30, acontece a última sessão de sábado, com “Corações Inquietos”, de Saverio Costanzo, um filme inundado de suspense a la Polanski sobre um casal e a sua relação com o filho recém-nascido, que foi um dos filmes mais apreciados do Festival de Veneza, que atribuiu o prémio de Melhor Atriz para Alba Rohrwacher e Melhor Ator para Adam Driver.

No último dia do festival, domingo, 10 de maio, às 16h00, é exibido “In grazia de Dio” de Edoardo Winspeare, que tem como protagonistas quatro mulheres que lutam contra a crise económica e tentam permanecer juntas, apesar dos fatores externos e das dificuldades com que se deparam. O festival despede-se do Funchal, na sessão de encerramento, domingo, às 19h00, com o grande vencedor da Festa do Cinema Italiano, em Lisboa, “Almas Negras” (“Anime nere”), de Francesco Munzi, muito bem recebido em diversos festivais internacionais, nomeadamente no Festival de Veneza, onde recebeu uma ovação de palmas durante 13 minutos. Trata-se de um filme noir muito forte sobre três irmãos ligados à “ndrangheta”, uma das organizações mafiosas mais poderosas do mundo.

Os bilhetes custam 4,00€ e podem ser adquiridos na bilheteira a partir de dia 6 de maio, a partir das 15h00. Todas as novidades e informações sobre a programação do festival podem ser acompanhadas no site
www.festadocinemaitaliano.com e na página do Facebook (facebook.com/festadocinemaitaliano).
8 1⁄2 Festa do Cinema Italiano é um festival de cinema organizado pela Associação Il Sorpasso, com o apoio da Embaixada de Itália, do Instituto Italiano de Cultura de Lisboa, dos Cinemas NOS e da Edicarte do Funchal.

Programação Festa do Cinema Italiano – Funchal

Sexta, 8 de maio

21h30 Sessão de Abertura
O RAPAZ INVISÍVEL (Il ragazzo invisibile)
de GABRIELE SALVATORES – 2014 // 100’ // DCP // LEG. PT
Michele é um adolescente que vive em Trieste, terra de fronteira entre Itália e a Mitteleuropa. Michele é um rapaz como muitos outros, não é especialmente estudioso, não é cool e está apaixonado por Stella, a sua companheira de turma que nem repara nele. Um belo dia a sua vida monótona é bruscamente interrompida por um feito inacreditável: o fato que comprou tem superpoderes, torna-o invisível. Gabriele Salvatores (Mediterrâneo – Óscar para Melhor Filme Estrangeiro, em 1991) aventura-se com mestria num território insólito para o cinema italiano, o dos filmes de ficção científica e o cinecomic, construindo um empolgante romance adolescente, rico de emoções que fazem vibrar o público mais novo, sem deixar de cativar os mais velhos com a sua magia.

Sábado, 9 de maio
17h00
LA SEDIA DELLA FELICITÀ (The Chair of Happiness)
de CARLO MAZZACURATI – 2013 // 94’ // DCP // LEG. PT
Bruna é uma esteticista com dificuldades económicas, Dino um tatuador cuja loja está ao lado do salão dela. O destino une-os na busca de uma cadeira que poderá mudar radicalmente as suas vidas. A última obra do grande Carlo Mazzacurati, que faleceu prematuramente em 2014, deixando-nos um filme alegre e leve, uma comédia por vezes surreal, um adeus murmurado com um sorriso, na melhor tradição do cinema italiano.

19h00

I NOSTRI RAGAZZI (The Dinner)
de IVANO DE MATTEO – 2014 // 92’ // DCP // LEG. PT
Dois irmãos com feitios e vidas opostas – um célebre advogado e um pediatra empenhado socialmente – casados com mulheres permanentemente em luta uma com a outra, encontram-se há anos, uma vez por mês, num restaurante de luxo, para cumprir uma tradição. Não falam de nada em particular: receitas de cozinha, a estreia do último filme francês, o aroma frutado de um vinho branco ou mais um escândalo de corrupção. Até que uma noite, as câmaras de segurança filmam um dramático episódio de violência. Baseado no bestseller de Herman Koch, “O Jantar” (I nostri ragazzi) envolve e apaixona os espetadores numa franca batalha entre moral, prejuízo e proteção familiar, onde a escolha é bem mais difícil daquilo que aparece.

21h30
CORAÇÕES INQUIETOS (Hungry Hearts)
de SAVERIO COSTANZO – 2014 // 109’ // COR // DCP // LEG. PT
Um encontro casual em Nova Iorque, paixão na sua pureza mais violenta e sem inúteis decorações: assim começa a história de Mina e Jude. Os dois jovens casam e da sua união nasce uma criança. Até aqui estaríamos perante uma história de amor como muitas outras, contudo há um fator que destabiliza a linearidade deste sonho, quando a relação mergulha em circunstâncias de vida, ou de morte. “Hungry Hearts”, de Saverio Costanzo foi um dos filmes mais apreciados do Festival de Veneza, vencedor dos prémios de Melhor Atriz para Alba Rohrwacher e Melhor Ator para Adam Driver. Saverio Costanzo leva a cabo uma reflexão profunda sobre a parentalidade no nosso tempo, através de instrumentos próprios do cinema de suspense a la Polanski.

Domingo, 10 de maio

16h00
IN GRAZIA DI DIO (Quiet Bliss)
de EDOARDO WINSPEARE – 2014 // 130’ // COR // DCP // LEG. PT
Apulia, sol, vento, oliveiras e o esplendor do Mediterrâneo. Em Santa Maria de Leuca, mesmo no calcanhar da “bota”, uma família está prestes a perder tudo o que tem. Quatro mulheres muito diferentes entre elas, mas fortemente ligadas à natureza e àquela terra que amam acima de tudo, são as protagonistas desta história. A crise económica parece dar cabo de tudo, até dos laços que as unem, mas elas opõem-se. Há uma maneira para combater a catástrofe: olhar para os “bens” reais, aqueles que o mundo esquece demasiadas vezes, para se sentirem “com graça de Deus”.
“Quem puder, que vá ver In grazia di Dio. A primeira verdadeira obra sobre aquilo em que nos estamos a transformar e o que estamos a perder. Talvez uma sugestão, para entender por onde começar de novo.” Roberto Saviano.

19h00
ALMAS NEGRAS (Anime Nere)
de FRANCESCO MUNZI – 2014 // 103’ // COR // DCP // LEG. PT
“Um encontro raro entre a história e o seu contexto, entre a força da ficção e a consistência do real.” Paolo Mereghetti.
Um filme *noir *de extraordinária força emotiva e coerência narrativa, “Anime nere” é uma história de família e crime organizado, um thriller que se desenvolve entre Milão e uma aldeia montanhosa da Calábria, Africo, um dos lugares onde a “ndrangheta”, uma das organizações mafiosas mais poderosas do mundo, está mais presente. Três irmãos e um destino de sangue. Não há espaço para redenções, nem heroísmos, onde se respira o cheiro inelutável do fado, como nas tragédias da Grécia clássica. Grande sucesso da crítica, após ter recebido 13 minutos de aplausos na projeção oficial no Festival de Veneza, *Anime Nere *é o grande vencedor da 8a edição da Festa do Cinema Italiano onde recebeu o prémio do júri.

Horário da Bilheteira:
Sexta-feira: a partir das 15h00
Sábado: a partir das 12h50
Domingo: a partir das 10h45

Para mais informações:
Helena Cesar: press@festadocinemaitaliano.com
www.festadocinemaitaliano.com/imprensa/11
info@festadocinemaitaliano.com
912470915

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *